Utilização do método AHP, em ambiente SIG, para caracterização espacial de índice relativo de clorofila, índice de vegetação e incidência solar em área de cultivo de Coffea canephora

Éder Carlos Moreira, Lucas Santos Santana, Vagner Tebaldi de Queiroz

Resumo


DOI

A produção do café no estado do Espírito Santo é uma atividade de grande importância para o estado e, com isso, diversas técnicas têm sido utilizadas para ampliar e melhorar essa atividade desde o planejamento até a comercialização do produto. Diante disso, objetivo do trabalho consiste em avaliar, em ambiente SIG, parâmetros como Clorofila, NDVI e Incidência Solar através de uma análise hierárquica de processos (AHP) com o propósito de estimar a atividades das enzimas do grupo oxiredutases, como a peroxidase (POD) e a polifenoloxidases (PPO), além das proteínas dos vegetais, no plantio de café do Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde da Universidade Federal do Espírito Santo. Para isso, foi utilizado o software ArcGis (2014) e dois dados rasters: (i) Imagem SRTM com resolução horizontal de 30-90m para extração dos dados de declividade, incidência solar e altimetria; (ii) Imagem RapidEye datada de julho de 2013 com precisão de 5-6,5m para extração dos dados de NDVI e Clorofila. Destaca-se nos resultados, que a análise hierárquica de processos se mostrou favorável para avaliar uma área representada por uma superfície de pixel que mede o grau de atividade de enzima oxirredutase entre 0 e 255, apresentando resultados similares com outros trabalhos realizados na área experimental do CCENS-UFES. Para um resultado mais preciso em ambiente SIG, seria necessário utilizar dados de um modelo digital de elevação de alta precisão ou similar as imagens do sensor RapidEye, já que um dos fatores importantes (incidência solar) é dependente desse dado.


Palavras-chave


AHP; SIG; Café

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


Alvarenga, A. (2012). Uso de índices de vegetação para adubação nitrogenada. 2020. Loja virtual. Disponível em: . Acesso em 20/06/2021.

Alves, H. M. R., Volpato, M. M. L., Vieira, T. G. C., Borém, F. M., Barbosa, J. N. (2011). Características ambientais e qualidade da bebida dos cafés do estado de Minas Gerais. Informe Agropecuário, v.32, n.261, p.01-12.

Alves, M. C., Silva, F. M., Moraes, J. C., Pozza, E. A., Oliveira, M. S., Souza, J. C. S., Alves, L. S. (2009). Geostatistical analysis of the spatial variation of the berry borer and leaf miner in a coffee agroecosystem. Precision Agriculture, v.10, n.12, p.1-14.

Bártholo, G. F., Guimarães, P. T. G. (1997). Cuidados na colheita e preparo do café. Informe Agropecuário, v. 19, n. 187, p. 33-42.

Cavalcante, J. H. F., Melo, H., Souto, C. R., & Cavalcante, M T. (2012). Lógica Fuzzy aplicada às Engenharias (1 ed.). João Pessoa/PB: Câmara do Livro, 130-140.

Costa, H. G. (2002). Introdução ao método de análise hierárquica: análise multicritério no auxílio à decisão. (1 ed.). Anais do XXXVI SBPO - O impacto da pesquisa operacional nas novas tendências multidisciplinares. Niterói, RJ, Brasil, 1

ESRI - Environmental System Research Institute (2021). ArcMap 10.4. Virtual, Disponível em: . Acesso em: 20/06/2021.

Ferrão, R. G. ( 2012). Café Conilon: Techniques for Production with Improved Varieties. (4. ed.) Revised and Updated, Vitória/ES: Incaper, 2, 74.

Ferrão, R. G., Silva, A. E. S., Ferrão, M. A. G., & Fonseca, A. F. A. (2013). No ES Cafeicultura Responde por 43% da Produção Agrícola. Visão Agrícola, 12, 95-96.

Filgueiras, W. H. (2001). Modelagem da planta de café por elementos finitos para estudos de colheita por vibração. Dissertação de Mestrado em Engenharia Agrícola, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, MG, Brasil.

Grego, C. R., Oliveira, R. P., VIEIRA, S. R. (2014). Geoestatística aplicada a Agricultura de precisão. Brasília: Embrapa, 442-457.

INCAPER - Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural. Cafeicultura (2020). Disponível em: . Acesso em: 19/06/2021.

Junior, A. V. C. Índices Foliares de Clorofila de Cafeeiro em Faces de Exposição. 2017. Disponível em: . Acesso em: 09 dez. 2020.

Lee, C. Y., Pennesi, A. P., & Dickison, M. H. Characterization of cauliflower peroxidase isoenzyme. J. Agr. Washington: And Food Chem, 32, (1), 18-21.

Magno, M. C. (2016). Manual do café: implantação de cafezais Coffea arábica L. Belo Horizonte: EMATER-MG, 50 p. il.

Matiello, J.B., Santinato, R., Almeida, S.R., & Garcia, A.W.R. (2015). Cultura de café no Brasil: Manual de recomendações (2 ed.). Varginha/MG: editor Futurama, 585.

Melo, A. L. O. Avaliação e Seleção de Áreas para Implantação de Aterro Sanitário utilizando lógica Fuzzy e Análise multi-critério: Uma proposta metodológica. Aplicação ao município de Cachoeiro de Itapemirim-ES. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Viçosa-UFV, Universidade Federal de Viçosa/UFV, 2009.

MMA - Ministério Meio Ambiente (2021). Geo Catálogo MMA. Brasil. Disponível em: . Acesso em: 19/06/2021.

Molin, J. P. (2001). Agricultura de precisão: o gerenciamento da variabilidade. Piracicaba: ESALQ, 83 p.

Queiroz, V. T., Costa, A.V., Guimarães, L. C. E. G., Guedes, N. A., Fazolo, M., Britto, K. B. (2016). Determination of polyphenol oxidase activity in the cultivar Coffea canephora Conilon Vitória grown in field conditions. The 26th International Conference on Coffee Science, Kunming, China.

Reis, A. R., Furlani Junior, E., Buzetti, S., Andreotti, M. (2006). Diagnóstico da exigência do cafeeiro em nitrogênio pela utilização do medidor portátil de clorofila. Bragantia, 65 (1), 163-171.

Rena, A. B., Nacif, A. P., Gontijo, P. T. G., Pereira, A. A. (1994). Fisiologia do cafeeiro em plantios adensados. Simpósio Internacional sobre Café Adensado, Londrina, PR, Brasil, 73-85.

Robison, D. S. (1987). Food Biochemistry and Nutritional Value. Reino Unido: Logman Scientific and Technical, 5, 100-115.

Rodrigues, G. C., Grego, C. R., Luchiari, A., Speranza, E. A. (2019). Caracterização espacial de índices de vegetação, índice relativo de clorofila em áreas de produção cafés especiais no sul de Minas Gerais. X Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil, Vitória, ES, Brasil, 1-6.

Sartori, S., Fava, J. F. M., Domingues, E. L., Ribeiro Filho, A. C., Shiraise, L. E. (2002). Mapping the spatial variability of coffee yield with mechanical harvester. World Congress on Computers in Agriculture and Natural Resources, St. Joseph, Michigan, EUA, 196-205.

Sclancalepore, V., & Alviti, F. S. (1985). Preliminary study on multipleform of peroxidase from Malavasia grapes. Lebesmittel – Wissenschaft and Technologie, Zürich, 18, (2), 174-177.

Siegel, B.Z. (1993). Plant peroxidases: an organism perspective. Plant Growth Regulation. v 12. 303-312.

Souza, J. C. S., Silva, F. M., Alves, M. C. (2008). Influence of manual harvest in the spatial variability of coffee yield and defoliation along two agricultural harvests. Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola, Foz do Iguaçu. PR, Brasil, 1-4.

USGS - United States Geological Survey (2021). Earth Explorer. Disponível em: . Acesso em: 19/06/2021.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Sensoriamento Remoto | ISSN: 2675-5491

 Revista sob Licença Creative Commons

Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn