Dinâmica Multitemporal das Mudanças de Uso e Cobertura do Solo na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba

Estephania Silva Jovino, Daniela Maria Fernandes Tavares, Suzana Maria Gico Lima Montenegro, Sylvana Melo dos Santos, Leidjane Maria Maciel de Oliveira

Resumo


A carência de planejamento urbano afeta diretamente os recursos hídricos em bacias hidrográficas, comprometendo os serviços ecossistêmicos, e também a intensificação das atividades humanas leva a mudanças no uso do solo, prejudicando o equilíbrio do meio ambiente, a exemplo da Caatinga no Brasil, estando entre os biomas mais degradados devido à agropecuária e extrativismo. Nesse contexto, o Sensoriamento Remoto e o processamento de imagens permitem monitorar essas mudanças e influenciar políticas públicas para a gestão sustentável do ecossistema. Esta pesquisa foi desenvolvida na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba, com o objetivo de realizar uma análise multitemporal das mudanças de uso e cobertura do solo, utilizando técnicas de Sensoriamento Remoto. Com isso, o banco de dados utilizado foi coletado por meio da plataforma Mapbiomas e processadas no software QGIS, sendo um mapa para cada ano de estudo (1990, 2000, 2010 e 2020). As mudanças de uso do solo foram expressivas na bacia, no sentido de crescimento e decrescimento de classes, como evidenciado nas mudanças significativas nas classes de área urbana e pastagem. Por outro lado, houve decrescimento significativo nas áreas de agropecuária e água. Já áreas com uso caracterizado por cultivo de cana-de-açúcar, áreas sem vegetação e vegetação tiveram discretas variações não ultrapassando 15% do valor total. Dessa forma, o estudo da evolução do uso e cobertura do solo ao longo de um período de 30 anos na Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba pode contribuir para futuras pesquisas objetivando aprimorar a gestão de recursos na região.


Palavras-chave


MapBiomas; Sensoriamento Remoto; Superfície Terrestre;

Texto completo:

PDF (Português)

Referências


AESA – Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba. (2023) Shapefiles. Disponível em: . Acesso em :20 set. 2023.

Armenteras, D., Murcia, U., González, T. M., Barón, O. J., Arias, J. E. (2019). Scenarios of land use and land cover change for NW Amazonia: Impact on forest intactness. Global Ecology and Conservation, 17, e00567. https://doi.org/10.1016/j.gecco.2019.e00567.

Almeida, N. O., Oliveira, M. M., Candeias, A. L. B.; Bezerra, U. A., Leite, A. C. S. (2018). Uso e cobertura do solo utilizando geoprocessamento em municípios do Agreste de Pernambuco. Revista Brasileira de Meio Ambiente, v.4, n.1, p.58-68.

Araújo Filho, J. A. (1996). Desenvolvimento Sustentável da Caatinga. Sobral: Ministério da Agricultura/EMBRAPA/CNPC, 20p.

Baeza, S., Vélez-Martin, E., De Abelleyra, D., Banchero, S., Gallego, F., Schirmbeck, J., Hasenack, H. (2022). Two decades of land cover mapping in the Río de la Plata grassland region: The MapBiomas Pampa initiative. Remote Sensing Applications: Society and Environment, 28, 100834.

Carter, S. K., Fleishman, E., Leinwand, I. I. F., Flather, H. C., Carr, N. B., Fogarty, F. A., Leu, M., Noon, B. R., Wohlfeil, M. E., Wood, D. J. A. (2019). Quantifying Ecological Integrity of Terrestrial Systems to Inform Management of Multiple-Use Public Lands in the United States. Environmental Management, 64, 1, 1-19. http://dx.doi.org/10.1007/s00267-019-01163-w.

DeFries, R.S., Foley, J.A., Asner, G.P. (2004). Land-use choices: Balancing human needs and ecosystem function. Front. Ecol. Environ, 2, 249–257.

Fonseca, C. R., Antongiovanni, M., Matsumoto, M., Bernard, E., Venticinque, E. M. (2017). Conservation opportunities in the Caatinga. In: Silva, J. M. C.; Leal, I. R.; Tabarelli, M. (eds.) Caatinga. The largest tropical dry forest region in South America. Cham: Springer International Publishing, 429-444.

Gomes, S. O., Lima, V. N., Candeias, A. L. B., Silva, R. R. (2017). Uso e cobertura dos solos de Petrolândia utilizando MAPBIOMAS. Anais do XXVII Congresso Brasileiro de Cartografia e do XXVI Exposicarta, Rio de Janeiro, RJ, 805-808.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Malha Municipal. (2022). Disponível em: < https://www.ibge.gov.br/geociencias/organizacao-do-territorio/malhas-territoriais/15774-malhas.html>. Acesso em: 20 set. 2023.

Jovino, E. S., Angelini, R., Costa, C. W., Bressiani, D. D. A., Cunha, K. P. V. D. (2022). Impactos do uso e cobertura do solo na produção de sedimentos em área de manancial peri-urbano tropical. Sociedade & Natureza, 34. https://doi.org/10.14393/SN-v34-2022-64640.

Leonardo, H. R. S. L., Salgueiro, C. O. B., Almeida, D. N. O., Santos, S. M., Oliveira, L. M. M. (2021). Sensoriamento Remoto Aplicado na Geoespacialização do Reservatório Poço da Cruz - PE e seu Entorno. Revista Brasileira de Geografia Física, 14 (6): 3592-3607.

Mendoza, M.E., Granados, E.L., Geneletti, D., Pérez-salicrup, D.R., Salinas, V. (2011). Analysing land cover and land use change process at watershed level: A multitemporalstudy in the Lake Cuitzeo Watershed, Mexico (1975-2003). Applied Geography, v.31, p.237-350.

Myers, N., Mittermeier, R., Mittermeier, C., Fonseca, G. A. B., Kent, J. (2000). Biodiversity hotspots for conservation priorities. Nature, 403, 853–858. https://doi.org/10.1038/35002501.

Paraíba. Governo do Estado. Proágua semiárido. (2001). Plano Diretor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do rio Paraíba. Relatório Final. Volume I/Secretária Extraordinária do Meio Ambiente, dos Recursos Hídricos e Minerais – SEMARH.

Peel, M. C., Finlayson, B.L., Mcmahon T.A. (2007). Updated world map of the KöppenGeiger climate classification. Hydrol. Earth Syst. Sci., 11, 1633-1644.

Projeto MapBiomas – Coleção 8 da Série Anual de Mapas de Cobertura e Uso da Terra do Brasil, acessado em 10 de set. 2023. através do link: https://brasil.mapbiomas.org/colecoes-mapbiomas/.

Rocha, G. S., Pinheiro, A. V. R., Costa, C. E. A. S. (2020). Gestão dos Recursos Hídricos no Município de Parauapebas (PA): Avaliação dos Usos, Alteração dos Cenários e Possíveis Impactos. Research, Society and Development, 9(4), e194943042-e194943042.

Santos C. W., Magalhães F. F. J. C., Santos, T. L. (2021). Uso e cobertura do solo utilizando a Plataforma Google Earth Engine (GEE): Estudo de caso em uma Unidade de Conservação / Land use and land cover using the Google Earth Engine Platform (GEE): Case study in a Conservation Unit. Brazilian Journal of Development, 7(2), 15280–15300. https://doi.org/10.34117/bjdv7n2-243.

Steffen, W., Richardson, K., Rockström, J., Cornell, S. E., Fetzer, I., Bennett, E. M., Sörlin, S. (2015). Planetary boundaries: Guiding human development on a changing planet. Science, 347(6223), 1259855.

Silva, J. M. C., Barbosa, L. C. F. (2017). Impact of human activities on the Caatinga. In: Silva, J. M. C.; Leal, I. R.; Tabarelli, M. (eds.) Caatinga. The largest tropical dry forest rin South America. Cham: Springer International Publishing, 359-368.

Souza, C. M. J., Shimbo, J. Z., Rosa, M. R., Parente, L. L., Alencar, A. A., Rudorff, B. F. T., Hasenack H., Matsumoto, M., Ferreira, L. G., Souza Filho, P. W. M. (2020). Reconstructing Three Decades of Land Use and Land Cover Changes in Brazilian Biomes with Landsat Archive and Earth Engine. Remote Sensing, 12(17):2735. https://doi.org/10.3390/rs12172735.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Brasileira de Sensoriamento Remoto | ISSN: 2675-5491

CC-BY 4.0 Revista sob Licença Creative Commons
Language/Idioma
02bandeira-eua01bandeira-ingla
03bandeira-spn